« Voltar ao blog

Personalização – A Chave para Aumentar a sua Taxa de Conversão

3 min. leitura
Vivemos numa época de experiências personalizadas. Nas redes sociais o nosso feed de notícias apresenta-nos a informação consoante os nossos interesses, e na nossa caixa de email as marcas tratam-nos pelo primeiro nome.

Vivemos numa época de experiências personalizadas. Nas redes sociais o nosso feed de notícias apresenta-nos a informação consoante os nossos interesses, e na nossa caixa de email as marcas tratam-nos pelo primeiro nome.

 

Nunca soubemos tanto sobre os nossos consumidores. Os utilizadores fornecem os seus dados pessoais com mais facilidade, desde que se isso lhes providencie uma experiência personalizada.

 

Esta tendência para a personalização permitiu-nos recolher mais informação sobre os consumidores do que nunca, mas por consequência aumentou as suas expectativas. Um estudo da Janrain revela que 74% dos utilizadores ficam frustrados com sites que lhes mostram conteúdo irrelevante para os seus interesses.

 

 

Os consumidores estão cada vez mais exigentes e na hora de escolher em que site comprar, optam por aquele que os “conhece”. Como podemos ver neste gráfico da Accenture, 75% dos consumidores está mais predisposto a comprar a uma loja que:

Reconheça o seu nome
Recomende produtos baseados em compras anteriores
Conheça o seu histórico de compras.
 

 

Ora, se a chave para o sucesso de um site é a personalização, por onde começamos?

 

O primeiro passo para a personalização (e isto é muito importante) é a coleta de dados. Primeiro precisa de conhecer os seus visitantes – dados demográficos, de navegação, histórico de compras, etc – para depois poder dirigir-lhes conteúdo personalizado.

 

Depois de recolhidos os dados, poderá oferecer uma experiência mais personalizada aos seus visitantes aplicando estas 3 dicas que lhe deixamos de seguida.

 

1.Adapte Pop-ups à página que está a ser visualizada

Os pop-ups são uma técnica de marketing um pouco controversa, e muitas vezes considerada incómoda, mas na realidade, e quando bem aplicada, resulta. Ao utilizar um pop-up sobreposto no conteúdo está a interferir na navegação que o visitante está a fazer nessa página. Quando o conteúdo do pop-up é genérico pode tornar-se incómodo para o visitante, mas se personalizar a mensagem para a página que está a ser visitada (como uma promoção nessa categoria etc.) é mais provável que capte a atenção do utilizador. Ou seja, a probabilidade de interação aumenta pois a mensagem apresentada está relacionada com o conteúdo que o visitante estava a visualizar.

 

2. Customize mensagens de acordo com o tipo de visitante

As mensagens da Homepage, seja a mensagem de boas vindas na barra de topo do site, em banners ou cal-to-actions, podem ser alteradas consoante o tipo de visitante – novo, recorrente e cliente. Ou seja, a um utilizador que visita pela primeira vez o seu site pode exibir mensagens que expliquem quem é e o que faz/vende, mas a um cliente habitual já não faz sentido exibir este tipo de mensagens, pois já está familiarizado com o site. Ao adaptar estas mensagens o conteúdo torna-se mais relevante para o utilizador e, como já sabemos, isso resulta numa experiência de navegação mais satisfatória.

 

3. Adapte o conteúdo aos dispositivos

Apesar de bastante útil, o design responsivo já não é suficiente. Ao utilizar este método pode estar a excluir elementos importantes do seu site quando este é exibido em versão mobile. Por isso, ofereça uma experiência customizada aos seus visitantes, exibindo um conteúdo diferente quando visitam o seu site em desktop do que quando visitam em mobile, controlando assim a informação essencial a exibir a um e a outro.

 

 

 

 

Personalizar a experiência de navegação no seu site e adaptar o conteúdo aos visitantes, torná-lo-á mais relevante para o utilizador e por consequência mais propenso a gerar resultados.

 

Aplique estas técnicas de personalização e veja a sua taxa de conversão a aumentar!